Quer saber o que rolou?

Reportagem publicada em 27 de abril de 2018

 

Por Ana Carolina Moraes

Cidade integrada

A audiência aconteceu na última sexta-feira. Dá uma lida na matéria aqui: https://goo.gl/F3rHHR (Foto: Pedro Romualdo/Câmara Municipal)

Uma audiência pública reuniu líderes comunitários da cidade para dialogar sobre as demandas de cada bairro e as possibilidades de atuação do poder público em cada comunidade. O texto destacou a importância das articulações entre moradores, que conhecem e entendem as demandas de ontem moram, para negociar resoluções de problemas e construir uma cidade mais unida.

O corpo não é público

A pesquisa sobre assédio em espaços públicos em Bauru, realizada pelo Coletivo Mirarte, revelou que 90% das mulheres entrevistadas já foram assediadas nas ruas, praças, ônibus, na faculdade ou na escola. O resultado chama a atenção para a naturalização das violências simbólicas (cantadas, piadas machistas, olhares, “perseguições”) contra mulher, que ocorreram em diversas partes da cidade, como o centro e as regiões universitárias. Através dessas experiência, as integrantes do coletivo transformaram os dados em manifestações artísticas espalhadas pela cidade.

Alguns dos depoimentos coletados pela pesquisa. ( Arte: Maria Esther Castedo/JORNAL DOIS)

> Acesse o texto completo : https://goo.gl/DmKUxZ

O Amador é GIGANTE

Neste final de semana, os times entram em campo para disputar a 4ª rodada do fase de classificação. Saca só os jogos da Segunda Divisão da Liga Amadora de futebol:

(Arte: Ana Carolina Moraes/ JORNAL DOIS)

De olho na Câmara

A Câmara Municipal de Vereadores aprovou dois projetos que mexem no orçamento de 2018 da prefeitura.

Um dos projeto é para saúde: R$ 13,5 milhões foram destinados a compra de medicamentos, insumos, suplementos alimentares e marmitex para as unidades de saúde do município. Essa verba estava sendo cotada para a contratações de serviços.

O segundo projeto transferiu o valor de R$ 301 mil da SEBES para ajudar as entidades assistenciais.

A Sessão aprovou também a criação do Fundo Municipal para Fomento da Educação no Município de Bauru (FUNFEB), com o objetivo de captar e aplicar recursos financeiros para melhorar e modernizar os equipamentos e a estrutura física da Rede Municipal de Ensino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.