Festas das crianças nas quebradas de Bauru 

 
Eventos gratuitos organizados por associações e grupos de bairro coletam doações; saiba como contribuir

Publicado em 11 de outubro de 2021

Diversas quebradas celebram o Dia Das Crianças nesta semana (Colagem por Camila Araujo/Jornal Dois com sobreposição de imagens de Camila Araujo e de Pixabay/Reprodução)
Por Camila Araujo 

De leste a noroeste, as quebradas de Bauru celebram o Dia das Crianças nesta terça-feira, dia 12 de outubro. Festas, distribuições de doces e brinquedos, shows e poesias enfeitam o feriado criado em 1980, em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, sem relação com a data da “molecada”. 

É verdade que o Dia das Crianças foi estabelecido anos antes do feriado, por meio de uma lei de 1924, com o objetivo de criar um dia nacional dedicado à meninada. Mas até os anos 1950, a data não tinha o mesmo apelo popular que tem nos dias de hoje. A disseminação do festejo aconteceu a partir de campanhas publicitárias voltadas ao público infantil em 1955, e de novo dez anos mais tarde, em 1965. 

Voltando a Bauru, neste 2021, associações de moradores, lideranças de bairro, em parceria com grupos e membros da sociedade civil se organizam para a arrecadação de doces, alimentos, refrigerantes e brinquedos. 

No Núcleo Habitacional José Regino, o evento “Quebrada pede Socorro” quer promover uma reflexão sobre o momento pelo qual passa a cidade e o país, depois de mais de um ano de pandemia, com o aumento do preço de itens “básicos” de alimentação, como arroz, feijão, óleo e carne. Reportagem do Jornal Dois fala sobre o “preço da fome” em Bauru. Leia aqui

“Não é comum o ser humano passar fome, não é comum o ser humano não ter um lugar para fazer necessidades básicas, não é comum uma criança de um ano ter que viver comendo fubá porque não tem nada além disso”, afirma Davizão MC, um dos organizadores do evento. 

O “Quebrada Pede Socorro” ocorre das 11h às 20h, com apresentações de MCs, como Brooklin MC, Manzata MC, Zoio Baixo MC, Fuaa MC, Mina Min MC, Mano Gão, Nikito MC, Dgordão MC, e Davizão MC. Poetas e artistas de outras vertentes também se apresentarão no local, que será na praça da Vila Tecnológica Engenheiro José Queda. Para chegar lá, basta descer no ponto final do ônibus Vila Tecnológica.  

Balas, pipocas, salsichas, refrigerantes, sucos e brinquedos serão distribuídos para a criançada. O evento cultural é beneficente e os organizadores pedem a contribuição de um quilo de alimento para “quem realmente tiver essa disponibilidade”. Doações por meio do pix 217.206.478.52 também são aceitas.

Caso chova, pode ocorrer alterações no local ou data do evento. Para mais informações, o contato é (14) 99140-9964, de Davisão MC, ou com Renata Sylvestre no número (14) 99686-2695. 

No assentamento Vila Cristiana (antigo Primavera), localizado no bairro Parque Primavera, o evento do Dia das Crianças vai ser realizado pela Associação de Moradores, junto com o Coletivo Ação Libertária (CAL), e conta com o apoio de sindicatos e da Liga Acadêmica de Saúde Coletiva da Universidade de São Paulo (USP). 

A festa tem previsão de começar às 10h, com o show do CamJazz, projeto que estreou na cidade em 22 de agosto, no Parque Vitória Régia, organizado pelo músico Paulo Maia. A ideia do grupo é promover apresentações musicais em parques e outros espaços públicos, de forma aberta e gratuita. Durante os shows do grupo, eles disponibilizam um “chapéu” para que as pessoas contribuam de forma voluntária, espontânea e não obrigatória. 

Em seguida, ao menos três gincanas serão realizadas com as crianças do Primavera, cada uma voltada a uma faixa-etária, explica Rafaela Jacques, integrante da CAL. O espaço também vai contar com tobogã, cama elástica e piscina de bolinha. O espaço também vai contar com fantasias e cabine de fotos, cujo aluguel foi viabilizado por meio de doações. Shirley Tavares e Osvaldo Pereira, líderes comunitários e dirigentes da associação de moradores, afirmam que todos são bem-vindos para a festa. 

Para Carolina Carvalho, estudante de Medicina da USP e membro da Liga de Saúde Coletiva, a “alegria” é o “melhor marcador da saúde”. O grupo universitário do qual faz parte vai ajudar a organizar o evento no assentamento do Parque Industrial Vila Manchester, junto com o CAL e dos próprios moradores representados pela associação do local. A festa no Manchester será realizada no domingo, em 17 de outubro. A intenção é promover as mesmas gincanas realizadas nesta terça (12) no Primavera, além de alugar brinquedos. Para isso, doações são aceitas por meio da chave pix 14 997215032, no nome de Maria Gabriela Amaro. 

Já no Santa Cândida, a molecada do grupo “Atletas de Quebrada” vai promover um evento no Parque Santa Cândida, com pula-pula, gincanas e distribuição de saquinhos surpresa. Diego Oliveira, de 23 anos, decidiu realizar a festa, junto com seus amigos Guilherme Bello, Jonas Vitor, Thiago Pachelli, Anderson Paixão, Thiago Matos, Matheus Vieira, já que, segundo ele, as doações que grupos sociais fazem no Dia das Crianças não chegam até sua região.

Desde que virou pai de uma menina, que vai fazer dois anos no dia 23 de outubro, ele conta que passou a entender melhor a importância de as crianças se divertirem, o que o mobilizou a organizar o evento. Para ajudar com doações, entre em contato no número (14) 99172-3297.

Acredita no nosso trabalho?         
Precisamos do seu apoio para seguir firme.    
Contribua  a partir de 10 reais por mês. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.