Por Letícia Sartori e Joyce Rodrigues


Após a exibição do documentário uma roda de conversa com a equipe de produção do documentário (Foto: Helder Faria/Divulgação)

No último dia 31, o Alameda Quality Center recebeu a pré estreia do documentário “Como Somos”. O longa, produzido em 2017, conta a história da população LGBT de Bauru, através de registros históricos sobre lugares e eventos que marcaram a vida noturna da cidade. Narrado por Nany People, figura importante da comunidade dentro do meio artístico nacional, o filme resgata momentos de luta e da cena cultural do final dos anos 80 até os dias atuais.

Ao construir esse resgate, é traçada uma linha temporal de importantes conquistas LGBT. Marcos históricos são apresentados no longa, como a luta contra a AIDS promovida pela Associação de Apoio a Pessoas com AIDS (SAPAB), o processo de conquista da carteira de registro com nome social, o surgimento da Parada da Diversidade e a inclusão de discussão de gênero no plano de ensino municipal.

“Na última sexta eu fui abordado por várias pessoas dizendo que não conheciam a história LGBT da cidade, nem mesmo as políticas públicas que podem contemplar inclusive a elas”, comenta Rafael Botta, diretor da produção. “Com este documentário eu espero que a nova geração, que hoje tem uma liberdade conquistada por quem veio antes, se conscientize de que existe uma luta que não pode parar”.

Cerca de 100 pessoas compareceram a sessão de pré-estreia gratuita do documentário (Foto: Helder Faria/Divulgação)

Investimento

O Programa de Estímulo à Cultura de Bauru foi um dos meios que viabilizou a realização do “Como Somos”. Instituído pela Lei n° 5.575/2008, o programa “visa incentivar e documentar a produção cultural e artística da cidade por meio do financiamento de projetos de pessoas físicas e jurídicas residentes em Bauru”. Ao ser questionado sobre a importância do financiamento público para produções audiovisuais, Botta comenta: “Infelizmente vivemos tempos tenebrosos onde a cultura e a educação estão sucateadas, quando na verdade são duas ferramentas extremamente importantes para o desenvolvimento da sociedade em que vivemos. Os programas públicos hoje existentes oferecem verbas baixas, inclusive alguns deles vem reduzindo o valor oferecido de uns anos pra cá.”.

O diretor chegou a considerar alternativas para a realização do projeto, e o financiamento coletivo foi uma delas. Segundo Botta, a verba disponibilizada se torna baixa quando comparada aos custos necessários para realizar o trabalho. “Mesmo sendo baixa, ela é fundamental. Talvez sem ela nós não tivéssemos dado o pontapé inicial nesse processo.”

Luta contínua

A exibição aconteceu em meio a um período de grande visibilidade das causas LGBT na cidade. Além da pré estreia, Bauru recebeu na semana anterior uma agenda repleta de atividades voltada para a conscientização e discussões sobre o tema. A Semana de Combate ao Preconceito e à Discriminação realizada pelo Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual (CADS), Associação Bauru pela Diversidade (ABD), Comissão da Diversidade Sexual da OAB Bauru (CDS) e a Prefeitura Municipal de Bauru contou com diversas atividades, incluindo oficinas de drag, mesas de debates, mostra de cinema e encerrando as atividades com o Encontro da Diversidade, realizado no Parque Vitória Régia no último domingo (26).

A movimentação mostra a importância da discussão de temas tão pertinentes nos tempos atuais. No Alameda, foi possível encontrar um público composto por diferentes gerações, representando diferentes fases da mesma história. “Como Somos” funciona como um compilado de toda essa trajetória.

Planos futuros

O projeto continua em andamento. Em breve, o filme começará a circular em festivais de cinema. Além de percorrer o circuito de premiações nacionais, deve entrar em exibição nas salas de cinema comerciais durante primeiro semestre de 2019. Uma maneira de levar a história bauruense para o resto do país.

COMO SOMOS (2018)
Direção: Rafael Botta
Produção: Cx2 Filmes, em coprodução de DGT Filmes e Pro Clipe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.