Covid-19: Semana sem registros de mortes

Foram 22 pessoas contaminadas na semana, cenário registrado pela última vez em abril e maio de 2020

Publicado em 5 de outubro de 2021

Redação
Bauru registrou 22 pessoas contaminadas com covid-19 na semana de 28 de setembro a 4 de outubro, 242 a menos em relação à semana anterior. É o menor número de casos desde abril de 2020, e não houve registro de óbitos, situação registrada pela última vez no início de maio de 2020.
 
A prefeitura informou à imprensa em 29 de setembro que realizou uma revisão das notificações de casos confirmados para “identificar notificações em duplicidade e/ou testes que não deveriam ter sido considerados como confirmações”, com orientações do Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional pela Doença Coronavírus 2019 – Covid-19, de acordo com a nota.
Por conta dessas modificações, o Boletim Covid do Jornal Dois também foi alterado, e deve voltar à configuração usual na semana seguinte.
 
A média móvel de novos casos em 4 de outubro foi de 2. Em relação a 14 dias antes, houve redução de 99%. A média móvel de mortes na mesma data foi de 0, redução de 100% em relação a 14 dias antes.
 
A ocupação de leitos de UTI era de 10% nesta segunda (4) em Bauru. Na Diretoria Regional de Saúde de Bauru (DRS-VI) era de 20% na mesma data.
 
A vacinação avança na cidade, com 15.071 pessoas vacinadas na última semana, sendo 2.319 pessoas que receberam a 1ª dose da vacina, 10.921 a 2ª dose e 1.831 pessoas a 3ª dose, também chamada de “dose de reforço”. Não houve registro de aplicação da vacina de dose única.
 
Em números relativos, 61,37% da população está com a imunização completa, 19,50% da população com imunização parcial e 0,97% recebeu a dose de reforço. A porcentagem da população sem vacina, 18,16% neste momento, compreende crianças e adolescentes que ainda não foram convocados para a vacinação e pessoas que não procuraram pela vacina.

Dados e gráficos desta postagem são de Rodrigo Molina em colaboração com o Jornal Dois, tendo como fonte os boletins epidemiológicos da Prefeitura de Bauru. Texto e Artes por Camila Araújo.

Acredita no nosso trabalho?         
Precisamos do seu apoio para seguir firme.    
Contribua  a partir de 10 reais por mês. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.