Covid-19: primeira semana com menos de mil casos desde março de 2021

Pela quinta semana consecutiva cidade registra queda, com 993 casos confirmados

Publicado em 20 de julho de 2021

Redação
Bauru registra 993 casos de covid-19 entre os dias 13 a 20 de julho, com número de positivos em queda pela quinta semana consecutiva. Pela primeira vez desde o início de março o número semanal de novos casos é menor que mil.
 
O número de confirmados significa que 44% das notificações resultaram em positivo na cidade. Pessoas entre 40 e 49 anos representam 28,5% do total de contaminados, seguida pela faixa etária de pessoas com 30 a 39 anos, que marcam 24,9%.
 
Foram registradas 24 mortes causadas por covid-19, uma redução de 14% em relação à semana anterior. Ainda em relação aos óbitos, 58,3% foram de pessoas com menos de 60 anos. A faixa etária com maior letalidade foi a de 50 a 59 anos com 6 óbitos registrados, que representa 25% do total.
 
A média móvel de novos casos, em 19 de julho, foi de 142. Em relação a 14 dias antes houve uma queda de 29%. Já a média móvel de mortes em Bauru, em 19 de juljo, foi de 3,43 apontando uma variação para baixo de 23% em comparação a duas semanas antes.
 
A ocupação de leitos de UTI atingiu 89% de sua capacidade, enquanto a ocupação de leitos da Diretoria Regional de Saúde de Bauru (DRS-VI) é de 84%. É a primeira vez desde o início de 2021 que a taxa de ocupação está abaixo de 90%.
Na última semana, 9.337 pessoas receberam a 1ª dose da vacina, 7.946 a 2ª dose, e 665 receberam a vacina de dose única, totalizando 17.948 doses aplicadas no período. Até o momento, 20,9% da população está com a imunização completa e 34,4% está vacinada com a 1ª dose.
A equipe do Jornal Dois se solidariza e deseja força a familiares e amigos de vítimas da covid-19.
 
Dados e gráficos desta postagem são de Rodrigo Molina em colaboração com o Jornal Dois, tendo como fonte os boletins epidemiológicos da Prefeitura de Bauru. Texto e artes por Letícia Sartori do Jornal Dois.
Acredita no nosso trabalho?         
Precisamos do seu apoio para seguir firme.    
Contribua  a partir de 10 reais por mês. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.