Covid-19: cidade registra mais de mil casos após nove semanas de queda nas notificações

Aumento de casos é referente a dados da covid-19 dos meses de junho, julho e agosto, que até esta semana não tinham sido informados por laboratórios particulares da cidade

Publicado em 22 de setembro de 2021

Redação
Bauru registra 1.031 casos de covid-19 entre os dias 14 e 20 de setembro, um aumento de 142% em relação à semana anterior. A alta nos casos se dá pela contabilização tardia dos registros de covid-19 por laboratórios privados, que desde junho não repassavam à Secretaria de Saúde os resultados de testes positivos, segundo a prefeitura.
 
Em relação aos óbitos, 4 pessoas perderam a vida para a doença, 7 a menos do que na semana anterior. A média móvel de mortes em Bauru, em 20 de setembro, foi de 0,57, um aumento de 33% em comparação há duas semanas.
 
A taxa de ocupação de leitos de UTI na cidade foi de 15% na segunda-feira (20). No mesmo dia, na Diretoria Regional de Saúde de Bauru (DRS-VI), a taxa de ocupação foi de 29%.
Nesta semana, 4.661 pessoas receberam a 1ª dose da vacina, 23.628 a 2ª dose, e 17 receberam a vacina de dose única. 404 pessoas receberam a 3ª dose ou dose de reforço, totalizando 28.307 doses aplicadas no período. A 3ª dose, ou dose de reforço, está sendo destinada a pessoas com mais de 80 anos que receberam a 2ª dose há mais de 6 meses, ou imunossuprimidas que receberam a imunização de Pfizer, Astrazeneca ou Jansen há mais de 28 dias. Até o momento, 54,3% da população está com a imunização completa e 26,1% está parcialmente imunizada.
 
A porcentagem da população sem vacina, 19,4% neste momento, compreende crianças e adolescentes que ainda não foram convocados para a vacinação, e pessoas que não procuraram postos de saúde.

Dados e gráficos desta postagem são de Rodrigo Molina em colaboração com o Jornal Dois, tendo como fonte os boletins epidemiológicos da Prefeitura de Bauru. Texto e Artes por Letícia Sartori.

Acredita no nosso trabalho?         
Precisamos do seu apoio para seguir firme.    
Contribua  a partir de 10 reais por mês. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.