Covid-19: Bauru volta a registrar mortes após 27 dias

Publicado em  de [mês] de 2020

Foram registrados 3 óbitos depois de período sem mortes; 30 mil bauruenses estão com doses de vacina em atraso
Redação

A Prefeitura Municipal de Bauru comunicou na segunda-feira, 18 de outubro, que vai passar a divulgar os boletins semanalmente e às sextas-feiras. Sendo assim, o Jornal Dois alterou a data de divulgação do Boletim Covid-19 para trazer a informação com mais rapidez.

Também por conta da divulgação semanal, não é mais possível traçar os gráficos de média móvel semanal, que dependem da alimentação diária de dados.

A semana anterior, de 12 a 15 de outubro, ficou com dias reduzidos devido à mudança da data de divulgação do boletim.

A semana de 16 a 22 de outubro notificou 143 novos casos de covid-19, 72 a mais em relação à semana anterior.
Os novos casos representam 12% dos 1.176 testes realizados no período.

A faixa etária com mais confirmações é a de 40 a 49 anos, com 38 novos casos. O número representa 26,57% do total.

Foram registradas 3 novas mortes, depois de 27 dias consecutivos sem registro de óbitos. Uma das mortes ocorreu em maio e foi notificada apenas nesta semana. As vítimas foram 3 mulheres de 55, 59 e 66 anos.

Em 22 de outubro as UTIs de Bauru registraram ocupação de 10%. A ocupação de leitos da Diretoria Regional de Saúde de Bauru (DRS-VI), na mesma data, era de 15%.

Entre 16 e 22 de outubro, 362 pessoas receberam a 1ª dose da vacina, 6.347 pessoas receberam a 2ª dose e 5.953 a 3ª dose ou dose de reforço. No total, 12.662 doses foram aplicadas na semana. Não foram aplicadas doses da vacina de dose única no período.

A 3ª dose, ou dose de reforço, é destinada a pessoas que receberam a 2ª dose há mais de 6 meses.

Até o momento, em números relativos, 66% da população está com a imunização completa, 11,7% com a imunização parcial e 5,2% recebeu a dose de reforço.

Imunização parcial é quando a pessoa recebeu somente a primeira dose de vacina que necessita de duas doses. Imunização completa é quando a pessoa recebeu as duas doses ou a vacina de dose única.

Neste momento, a população sem vacina representa 17,2% do total. A porcentagem compreende crianças e adolescentes que ainda não foram convocados para vacinação e pessoas que não procuraram pela vacina.

A Secretaria de Saúde avisou em nota que “cerca de 30 mil pessoas estão com a segunda dose em atraso em Bauru. Portanto, todos os que estão no prazo de receber a segunda dose devem fazer o agendamento e procurar uma unidade de saúde”.

Dados e gráficos desta postagem são de Rodrigo Molina em colaboração com o Jornal Dois, tendo como fonte os boletins epidemiológicos da Prefeitura de Bauru. Texto e Artes por Paula Bettelli.

Acredita no nosso trabalho?         
Precisamos do seu apoio para seguir firme.    
Contribua  a partir de 10 reais por mês. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.