Conexão Bauru-Barcelona: parceria PDGRec lança “Música sem Fronteira”

Thiago NGO é produtor da Produto do Gueto Records e convidou MC Henry Lauren, da Espanha, para levar uma mensagem positiva através da música durante a pandemia

Publicado em 30 de maio de 2020

Por Bibiana Garrido

“014 tá no mapa”, anuncia a letra do lançamento “Música sem Fronteira” no mês de maio. Parceria da PDG Records com o MC Henry Lauren, juntou artistas de Bauru e Barcelona na proposta de passar uma mensagem positiva em meio à pandemia do coronavírus. É o que conta Thiago NGO, produtor da PDG, em entrevista ao J2. 

O som conta com a participação de diferentes artistas: Heresy Gang no beat, Diego Barbosa no baixo, DJ Shinpa no scratch. NGO mixou e masterizou a produção que você pode conferir no vídeo:

“Música sem Fronteira” explora as histórias de vida de cada um dos MCs. NGO fala do trabalho, da correria, da preocupação com a família e da realidade que representa, para ele, a periferia.

É um rap de mensagem, como o próprio NGO ressalta na composição. Henry completa cantando sobre a união pelo som, pela música, que, para o artista, representa mais as pessoas do que as bandeiras de países e guerras. 

NGO está há 17 anos na ativa do rap, e há um ano como produtor cultural independente em Bauru. Particpou como idealizador de iniciativas como o programa Interior tem Voz e produz álbuns e músicas de artistas da região na gravadora PDGRec.

Henry atua no Hip Hop desde 1992: começou com o graffitti e depois entrou no rap. Do interior da Espanha, foi para as periferias da capital Barcelona. Teve carreira em alguns grupos de rap e agora segue em trabalho solo. 

Jornal Dois: como surgiu a oportunidade de parceria com o artista de Barcelona? 

Thiago NGO: Através do meu primo Diego que já tocou em banda e morou lá um tempo, há anos atras. O Henry precisava de uma produção e meu primo me ligou. Assim, em vez de começar trabalhando, iniciamos esse contato com essa parceria até mesmo para ele ver minha qualidade de serviço e tal. Porém, o motivo de soltar agora foi justamente pela pandemia levar mensagem positiva nesse momento caótico. 

J2: que mensagem vocês querem passar?

NGO: Que a música é sem fronteiras, que é possível juntar pessoas positivas para fazer coisas boas. Eu particularmente procurei retratar toda minha trajetória como MC, pois são minhas últimas músicas. Então fiz questão de fechar com chave de ouro. Faltam mais três, aí seguirei apenas produzindo essa nova e velha escola do Rap Bauruense e Região.

Henry: A mensagem da música é que a música é universal, sem fronteiras.

J2: como foi o processo de produção da parceria internacional? Como vocês organizaram as etapas do trabalho?

NGO: sobre a produção, tentei diferenciar de tudo que já tinha visto aqui na cidade. Então chamei a galera de Agudos pra chegar no beat, DJ Shinpa referência aqui na Rap PDG 014 e país afora. Foi uma honra ter os scratch dele no meu som. Tudo foi captado e produzido antes da pandemia, então foi tranquilo a etapa de mix e master. 

J2: o lançamento da música já rolou. Há mais ideias para divulgar? Essa parceria pode levar bauru para o mundo?

NGO: Há muitas ideias, inclusive a possibilidade de ir para a Espanha gravar o clipe do som, pois eu mesmo faria tudo então tornaria muito mais viável e o custo baixo para tornar esse feito realidade. Erguer a bandeira #InteriorTemVoz em Barcelona para mim seria o suficiente para mostrar ao mundo a minha cidade que tanto honro: Bauru-SP e o Rap Bauruense.

J2: essa é a primeira parceria internacional da PDG? Vão ser desenvolvidos mais trabalhos como esse?

NGO: Sim, com certeza esse foi apenas o início. Em breve teremos mais novidades para o público de Bauru e região. Além da Espanha,conquistamos mais esse espaço e ganhamos respeito, mostrando nossa qualidade mundo a fora isso é Rap PDG 014.

J2: como está a situação da produção cultural independente em meio à covid-19?

NGO: A todo vapor dentro das normas, claro. Temos familiares e não queremos levar para dentro de casa esse vírus. Porém, as contas não param de chegar, então nós da PDG não paramos desde o início da pandemia. Graças a Deus dobraram os trabalhos, então estamos empolgados com bastante serviço, e atentos atento a tudo referente à pandemia. Então, se você tem a condição de ficar em casa, não pense duas vezes, se cuide e cuide de quem você ama. Tenho visto a produção independente trabalhar bastante no país, principalmente no cenário musical, isso me motiva e muito.

Acredita no nosso trabalho?         
Precisamos do seu apoio para seguir firme.    
Contribua  a partir de 10 reais por mês. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.